CIMBSE apoia 50% da aquisição de passe de transporte

O apoio a conceder será de 50% do preço, mas limitado a pessoas em situação de carência económica que terá de ser comprovada pela Câmara Municipal da residência.

O Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE), em reunião de 11 de agosto, “deliberou reduzir o apoio concedido à aquisição de passes de transporte no âmbito do Programa de Apoio à Redução Tarifária (PART)” refere uma nota informativa.


Segundo a mesma fonte, “a CIMBSE apoiava em 40% do seu preço a aquisição de passes normais e em 60% caso o adquirente tivesse mais de 65 anos ou menos de 23”. Acrescentando que segundo as novas regras, “que vigorarão para os passes com validade posterior a 1 de setembro, o apoio a conceder será de 50% do preço, mas limitado a pessoas em situação de carência económica que terá de ser comprovada pela Câmara Municipal da residência”.


No contexto criado pelas medidas restritivas de circulação adotadas no combate à pandemia de Covid-19, “que provocou défices acentuados no setor de transportes públicos de passageiros, a CIMBSE tem apoiado financeiramente a execução de um serviço mínimo de transportes essenciais no território num montante que supera os 600 mil euros” explica.



Conteúdo Recomendado