CIM transmontana com serviço “inovador” que aproxima cidadão da administração pública

As aldeias dos concelhos que integram a Comunidade Intermunicipal Terras de Trás-os-Montes (CIM-TTM) vão passar a dispor de um serviço móvel “inovador” que visa aproximar os cidadãos dos serviços da Administração Pública, indicou esta quarta-feira fonte do órgão intermunicipal.

“O investimento ronda o meio milhão de euros, montante que servirá para a aquisição de sete viaturas elétricas, que vão percorrer todas as aldeias dos nove concelhos da CIM-TTM“, explicou à Lusa o presidente da CIM-TTM, Artur Nunes.

Os novos “Balcões Móveis” estarão equipadas com material informático e acesso à Internet, o que vai permitir aos cidadãos resolver assuntos de competência municipal ou central.

O projeto foi apresentado esta quarta-feira, simbolicamente, em Bragança e entrará em funcionamento no primeiro trimestre de 2018.

“A ideia passa por haver uma maior proximidade com os cidadãos em territórios mais isolados e de baixa densidade populacional. No fundo, este projeto passa por levar a administração local e central para junto dos cidadãos”, frisou o também autarca de Miranda do Douro.

O projeto encontra-se incluído no Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial das Terras de Trás-os-Montes.

“A criação deste serviço de atendimento itinerante vai colmatar uma lacuna de forma eficaz, dando, assim, resposta a uma solução de mobilidade de atendimento digital assistido, fomentando a modernização e eficácia do território”, enfatiza o responsável.

O projeto do serviço” Balcões Móveis” é financiado em 90% por cento por fundos comunitários.

“Este projeto foi escolhido como inovador e exemplar sendo hoje apresentado no decurso da primeira conferência do Fórum Permanente para as competências digitais. A iniciativa poderá ser replicada em outras comunidades intermunicipais ou outros concelhos”, frisou.

A CIM-TTM é constituída por nove municípios, nomeadamente, Alfândega da Fé, Bragança, Macedo de Cavaleiros, Miranda do Douro, Mirandela, Mogadouro, Vila Flor, Vimioso e Vinhais.




Conteúdo Recomendado