CCDRC promove 127 Boas Práticas de Envelhecimento Ativo e Saudável na Região Centro

O catálogo disponibilizado permite conhecer projetos e iniciativas no âmbito da qualidade de vida e do envelhecimento ativo.

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) disponibilizou em formato digital um catálogo com 127 de Boas Práticas de Envelhecimento Ativo e Saudável na Região Centro.

O catálogo encontra-se disponível, AQUI e, segundo a organização, permite que se conheçam melhor alguns dos projetos e iniciativas que se desenvolvem na região Centro no âmbito da qualidade de vida e do envelhecimento ativo, e que foram apresentados na primeira edição do Prémio de Boas Práticas que a CCDRC lançou nesta temática. 

Ana Abrunhosa, presidente da CCDRC, espera com esta publicação “induzir novos projetos, novas parcerias e novas formas de promoção do Envelhecimento Ativo e Saudável na região, no país e na Europa. O facto de estarmos a dar visibilidade a este primeiro conjunto de entidades é apenas o passo inicial para a construção de um projeto mais robusto que ambicionamos e que procura responder à capacidade que a região revelou ao desafio do progressivo envelhecimento da população, com mais saúde e integrando de forma ativa a Comunidade”.

A informação disponibilizada foi agrupada em grandes áreas de intervenção o que facilita a sua compreensão e poderá estimular a sua replicação no território ou servir de inspiração para outros agentes com as mesmas preocupações e que procuram inovar, refere a mesma fonte.

Animação, Apoio aos Cuidadores, Apoio Domiciliário, Atividade física, Avaliação, Cuidados de Saúde, Estimulação, Inclusão Social, Intergeracional, Investigação, Literacia, Multidisciplinar, Reabilitação, Telemedicina e TIC são as 15 áreas de intervenção identificadas.

O catálogo será atualizado com as boas práticas candidatas a todas as edições do Prémio de Envelhecimento Ativo e Saudável na Região Centro.




Conteúdo Recomendado