Cancioneiro de Videmonte apresentado no Teatro Municipal da Guarda

O espetáculo que terá lugar esta noite, pelas 21h30, reúne as vozes típicas de Videmonte à mistura com a modernidade musical.

Segundo uma nota do Teatro Municipal da Guarda, “as gravações de César Prata, sobretudo da icónica Ti Maria, voz identitária da cultura local de Videmonte, permitiram trabalhar criativamente as canções, respeitando a identidade musical e melódica com vista a construir novas roupagens, ambiências e texturas. Em cada cação se nota uma preocupação em deixar respirar as vozes de Videmonte na miríade dos novos arranjos musicais. Por entre canções e vozes que cantam os pastores, a vida rural do trabalho, os hábitos religiosos e de lazer, os dez músicos reconstroem esse legado com notável sensibilidade e sentido estético.”

A modernidade dos sintetizadores, dos ritmos eletrónicos e dos instrumentos que pouco têm a ver com a tradição, não ofuscam a essência do que se pretende aqui preservar, que é justamente a memória cultural identitária deste povo. E é aqui também que reside a qualidade e importância deste espetáculo: o resultado do trabalho que se expressa na diversidade artística e criativa perante um mesmo objeto cultural. A junção das vozes das mulheres de Videmonte com o contributo de vários músicos convidados fazem deste projeto um projeto de grande música.

A entrada é livre, mediante levantamento de bilhete na bilheteira.




Conteúdo Recomendado