Câmara Municipal do Sabugal projeta Museu Português da Migração

A cidade do Sabugal, no distrito da Guarda, vai acolher o Museu Português da Migração, que está a ser criado pela Câmara Municipal local com a colaboração da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, foi hoje anunciado.

O Município do Sabugal, presidido por António Robalo, refere em nota hoje enviada à agência Lusa que o futuro museu será “um lugar de interpretação dos processos migratórios”.

“O conceito, inicialmente explorado como Etnocentro – Fronteira de Memórias, tem vindo a ser desenvolvido nos últimos meses com a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, a quem foi apresentado em novembro de 2016, e evoluiu para um lugar de interpretação dos processos migratórios que se desenvolverá de forma dinâmica entre o Local e o Global: um museu no Sabugal sobre Portugal no mundo – o Museu Português da Migração (MPM)”, explica a autarquia.

Segundo a fonte, o MPM “abordará a temática da migração centrada nas diversas motivações dos migrantes (económicas, profissionais, sociais, políticas), das suas diversas escalas (desde os movimentos internos aos movimentos pelo mundo) e dos processos de integração (a partilha de culturas/multiculturalidade e as novas formas de comunicação como facilitadoras dos fenómenos migratórios)”.

De acordo com a autarquia, considerando a dinâmica global do museu, “serão abordadas temáticas complementares mais específicas do território de fronteira” onde o equipamento será inserido.

No projeto haverá um espaço dedicado às fronteiras e o caso particular das relações transfronteiriças entre Portugal e Espanha onde a temática do contrabando “terá particular destaque”, bem como “temáticas de importância mundial que marcam a atualidade”.

“A crise dos refugiados na Europa e no mundo será uma marca importante deste museu”, é também indicado pela autarquia do Sabugal, cujo território se localiza junto da fronteira com Espanha, no distrito da Guarda.

O município do Sabugal anuncia ainda que o seu presidente terá esta semana “mais uma reunião com a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas sobre o desenvolvimento do projeto do MPM, cujo local foi já escolhido”.




Conteúdo Recomendado