Câmara de Castelo Branco avança com projeto de observação de aves

O projeto “Birdwatching Castelo Branco” inclui a criação de dois grandes percursos rodoviários de observação de aves.

A Câmara de Castelo Branco vai avançar com um projeto de observação de aves no concelho, uma iniciativa direcionada para o turismo de natureza e que se integra na estratégia para a promoção turística, anunciou a autarquia.

“O projeto ‘Birdwatching Castelo Branco’ é mais uma aposta naquilo que é a nossa estratégia de promoção turística, neste caso direcionada para o turismo de natureza”, explica o presidente da câmara, Luís Correia.

O concelho de Castelo Branco tem uma elevada diversidade de aves, reflexo de uma grande variedade de habitats e paisagens, aos quais ocorrem cerca de 130 espécies de aves, o que corresponde praticamente a metade do total de espécies de aves que ocorrem em Portugal continental.

O autarca sublinha que em Portugal tem-se assistido a um crescimento do número de praticantes nacionais e de turistas estrangeiros que procuram o país para este tipo de turismo, um crescimento que acontece porque o país é considerado um dos mais interessantes destinos europeus para a observação de aves.

“O nosso concelho, em especial, reúne condições ímpares para a prática desta atividade, tornando-nos num destino turístico de excelência para os amantes desta modalidade. A par de outras rotas turísticas que temos no concelho, o turismo de natureza tem sido uma das nossas apostas, e por reconhecermos o potencial desta atividade como potenciador turístico, queremos criar as condições necessárias para a prática desta atividade”, sustenta.

O projeto inclui a criação de dois grandes percursos rodoviários de observação de aves apoiados com sinalética apropriada, um pela zona norte de Castelo Branco (Albufeira de Santa Águeda) e outro pela zona sul (Tejo Internacional).

Vão ainda ser criados ‘road maps/road books’ associados a cada percurso orientando o visitante e alertando para os pontos de maior importância ornitológica, criação de conteúdos e mapas para a plataforma “Castelo Branco 360”, exposições de fotografia e promoção e divulgação em todas as plataformas de informação.

Além disso, foi criado um logotipo cuja imagem gráfica representa a atividade, remetendo ainda para a “identidade” do concelho.

“Este é mais um passo dado naquilo que é a estratégia turística para a região. Trabalhamos de forma articulada e consciente de forma a atrairmos cada vez mais turismo para o concelho de Castelo Branco”, conclui.




Conteúdo Recomendado