Beira Interior com menos mortos nas estradas em 2018

A nível nacional, registaram-se 513 vítimas mortais, mais três do que em 2017.

Se em todo o país a tendência foi de agravamento, na Beira Interior o número de vítimas mortais nas estradas baixou em 2018, principalmente graças à descida no distrito de Castelo Branco.

Assim, no distrito de Castelo Branco registou-se uma redução de três mortos: em 2017 haviam sido 15 e em 2018 foram 12. Também o número de acidentes e de feridos graves baixou consideravelmente: de 1.839 para 1.790 e de 81 para 66, respetivamente.

Relativamente ao distrito da Guarda, também se registou uma redução na sinistralidade, mas as vítimas mortais foram exatamente as mesmas: 14. Houve menos dez acidentes do que no ano anterior (passando de 1.547 para 1.537) e menos 15 feridos graves (baixando de 61 para 46).

No ranking nacional, tanto Guarda como Castelo Branco estão na lista dos seis distritos com menos mortos. Viana do Castelo registou nove, Bragança e Portalegre 10 e Évora 13. Todos os outros andam acima das duas dezenas de mortos e dois deles ultrapassam mesmo a meia centena: Setúbal com 65 e Porto com 56.

A nível nacional, registaram-se 513 vítimas mortais, mais três do que em 2017.




Conteúdo Recomendado