BE questiona Governo sobre descargas poluentes no rio Cobral

O BE lembra que Meruje é uma freguesia do concelho de Oliveira do Hospital, que faz fronteira com o concelho de Seia.

O Bloco de Esquerda (BE) anunciou hoje que questionou o Governo, através da Assembleia da República, sobre descargas poluentes no rio Cobral, nos concelhos de Seia (Guarda) e de Oliveira do Hospital (Coimbra).

Numa pergunta dirigida ao ministro do Ambiente e da Ação Climática, a deputada do BE Maria Manuel Rola explica que o partido recebeu denúncias “sobre a poluição do rio Cobral que, segundo declarações do presidente de Junta de [Freguesia de] Meruje, são provenientes do concelho de Seia, provavelmente de queijarias sem sistema de tratamento capaz de dar vazão aos rejeitados daquela indústria”.

“Segundo as informações e imagens recolhidas, a poluição que agora é denunciada na comunicação social local foi contínua durante os últimos 15 dias, tendo a água ‘aspeto leitoso’, com espuma visível e mau cheiro”, lê-se.

O BE lembra que Meruje é uma freguesia do concelho de Oliveira do Hospital, que faz fronteira com o concelho de Seia e “já não são de agora os problemas de poluição, havendo denúncias de 2011 e 2013”.

“A ser verdade que esta poluição tem origem na indústria acima referida, trata-se de um desrespeito pela legislação aplicável e constitui um perigo de saúde pública. Urge atuar para que situações como esta não voltem a ocorrer”, refere a deputada Maria Manuel Rola.

Na pergunta dirigida ao Governo, através do ministro do Ambiente e da Ação Climática, o BE pergunta se tem conhecimento da situação e se existem denúncias relativas à mesma.

“Que diligências tomaram as entidades de fiscalização? Que medidas pretende tomar para pôr cobro a esta situação? Que medidas foram tomadas no passado nas situações idênticas neste rio?”, são outras questões colocadas ao Governo pela parlamentar do BE.

O partido pretende ainda saber se a Inspeção-Geral da Agricultura, Mar, Ambiente e do Ordenamento do Território (IGAMAOT) tem “algum processo de auditoria a este tipo de indústrias e aos tratamentos de efluentes das mesmas”.

A Comissão Coordenadora do BE no distrito da Guarda refere em comunicado enviado à agência Lusa que o Grupo Parlamentar do partido na Assembleia da República questionou o Governo sobre as mais recentes descargas poluentes no rio Cobral a pedido daquela estrutura e do Núcleo do BE de Seia (Guarda).




Conteúdo Recomendado