Autoestrada A25 reabriu ao trânsito ontem à noite

Ao acidente que causou um morto e cinco feridos acorreram ainda um total de 47 homens e 17 viaturas dos Bombeiros de Celorico da Beira, Guarda e Fornos de Algodres, e GNR.

A autoestrada A25 já foi reaberta depois de um acidente que ocorreu ontem, à tarde, e que causou um morto e sete feridos, disse à agência Lusa fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda.

“Depois dos trabalhos de limpeza da via, a autoestrada A25 [Vilar Formoso – Aveiro] no sentido Celorico da Beira – Guarda foi reaberta às 21:50”, disse a GNR.

Segundo a fonte, a via esteve interdita à circulação rodoviária entre as 15h21 e as 21h50, entre os nós de Celorico da Beira e de Ratoeira, da A25, no sentido Celorico da Beira-Guarda, tendo o trânsito sido desviado pela Estrada Nacional 16 e pela variante da vila de Celorico da Beira.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda, o acidente ocorreu pelas 15h21, na zona de Ratoeira, próximo da área de serviço de Celorico da Beira da autoestrada A25, no sentido Celorico da Beira – Guarda, e causou um morto e sete feridos, dois graves e cinco ligeiros.

Tratou-se de uma colisão entre um veículo pesado de mercadorias e duas carrinhas “que estavam a sinalizar obras de pavimentação da via”, indicou.

Um ferido grave foi transportado para o hospital de Viseu e outro para o hospital da Guarda, para onde foram também encaminhados os cinco feridos ligeiros.

Estiveram no local um helicóptero do INEM e duas viaturas VMER-Viatura Médica de Emergência e Reanimação, uma da Guarda e outra de Viseu, segundo o CDOS.

Ao acidente acorreram ainda um total de 47 homens e 17 viaturas dos Bombeiros Voluntários de Celorico da Beira, Guarda e Fornos de Algodres, e da GNR.

As causas do acidente estão a ser investigadas por elementos do Núcleo de Investigação de Crimes de Acidentes de Viação (NICAV) do Destacamento de Trânsito da GNR da Guarda.




Conteúdo Recomendado