Projeto bandeira da comunidade cívica da apresentado em Lisboa

O projeto será apresentado, na próxima quarta-feira, dia 6 de julho, entre a 8h30 e as 13 horas, no Museu do Oriente em Lisboa, o projeto-bandeira de Ródão para a Economia Cívica.

Gouveia e mais seis municípios portugueses (Penela, Miranda do Corvo, Lousã, Fundão, Vila Velha de Ródão e Idanha-a-Nova) irão apresentar soluções inovadoras e integradas para problemas e desafios societais.

A Sessão de Abertura será presidida pela Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão. Os Projetos-bandeira serão apresentados pelas Comunidades para a Economia Cívica, destacando a intervenção dos respetivos Presidentes das Câmaras Municipais e pelos representantes das entidades mais diretamente envolvidos na elaboração dos Projetos.

De recordar que os Projetos-bandeira são o resultado de um trabalho de um ano das Comunidades na identificação dos problemas e desafios societais complexos que envolveu mais de 140 entidades públicas, privadas e da Economia Social, na configuração de uma Agenda de Inovação e Mudança que visa encontrar soluções inovadoras, sistémicas e que produzem um impacto positivo na vida das pessoas para situações como o despovoamento, o desemprego, a falta de economia endógena, a falta de participação cívica, entre outros.

O desemprego, o despovoamento, a exclusão da terceira idade e a desadequação dos sistemas de ensino são alguns dos problemas que a Iniciativa para a Economia Cívica, juntamente com câmaras municipais e outras entidades locais, se propõe combater – um conceito já aprovado e em fase de desenvolvimento nos municípios de Lousã, Gouveia, Vila Velha de Rodão, Idanha-a-Nova, Fundão, Penela e Miranda do Corvo.




Conteúdo Recomendado