PJ da Guarda deteve cinco suspeitos por tráfico de estupefacientes e posse ilegal de arma

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de três suspeitos por tráfico de estupefacientes, nos concelhos de Guarda e de Manteigas, e de um casal, em Figueira de Castelo Rodrigo, por posse ilegal de arma.

O Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda refere, em comunicado, que os três detidos por tráfico de estupefacientes, com 21, 29 e 30 anos, “integravam um alegado grupo responsável pela venda de elevadas quantidades de produtos estupefacientes em várias escolas dos concelhos da Guarda e de Manteigas”.

Os suspeitos foram detidos no seguimento de uma investigação no âmbito da qual, em abril e dezembro deste ano, tinham já sido detidas dezanove pessoas que integravam “um vasto grupo responsável pela venda de elevadas quantidades de produtos estupefacientes” naqueles dois municípios do interior do país.

Os detidos foram submetidos a primeiro interrogatório judicial e ficaram sujeitos à medida de coação de prisão preventiva.

No concelho de Figueira de Castelo Rodrigo, também no distrito da Guarda, a PJ deteve um homem e uma mulher, com 31 e 28 anos, por posse de arma de fogo proibida.

De acordo com a PJ da Guarda, as detenções foram efetuadas no âmbito de uma investigação pendente pela prática de um crime de homicídio, estando os detidos na posse ilegal de uma espingarda de calibre 12.

O casal foi presente às autoridades judiciárias para eventual decisão sobre o seu julgamento em processo sumário, indica a nota.




Conteúdo Recomendado