AHRESP apela a que “mais sigam” exemplo de várias autarquias na testagem

A AHRESP entende que com a continuação de necessidade de testagem, para se poder aceder ao interior dos estabelecimentos, mais devem seguir as políticas de ajuda de testagem contra a pandemia de covid-19.

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) apelou hoje a que “mais sigam” o exemplo de várias autarquias pioneiras nas políticas de testagem para ajudar estes setores “especialmente fustigados” pelas medidas de controlo da pandemia.

“Várias autarquias têm sido pioneiras nas políticas intensivas de testagem a moradores, mas também aos profissionais dos nossos setores e algumas disponibilizaram mesmo testagem em horários adequados aos picos da restauração e testes à covid-19 gratuitos às empresas”, explica a AHRESP num boletim hoje divulgado.

A AHRESP entende que com a continuação de necessidade de testagem, para se poder aceder ao interior dos estabelecimentos, mais devem seguir as políticas de ajuda de testagem contra a pandemia de covid-19.

Na quarta-feira, o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, defendeu a possibilidade de “passar a ter um conjunto de mecanismos distintos de gerir o contágio e a doença” à medida que vai avançado a vacinação contra a covid-19 em Portugal e vai diminuindo o impacto em termos de saúde e dos sintomas mais severos que a doença vai causando na população.

O governante referiu ainda que os certificados digitais são “uma boa maneira” de permitir que “um conjunto grande de atividades funcionem sem pôr em risco a saúde da população”.


Conteúdo Recomendado