6ª edição do Festival “O Elogio da Guitarra” decorre na Guarda

O evento dedicado aos valores do panorama guitarrístico nacional e internacional irá decorrer na cidade mais alta de 4 a 6 de abril.

Inteiramente dedicado à celebração do repertório guitarrístico e à formação de músicos, “O Elogio da Guitarra” é um festival que tem vindo a realizar-se anualmente na cidade da Guarda, desde 2009, contribuindo de forma sólida para o aperfeiçoamento musical de jovens músicos e para a apresentação de novos valores do panorama guitarrístico nacional e internacional. À semelhança das anteriores edições, a sexta edição d’O Elogio da Guitarra conta com um ciclo de concertos onde há lugar para recitais de solista e para música de conjunto. No concerto de abertura., a 4 de abril, pelas 21h30, a música ocupará o espaço nobre do Museu da Guarda, pelas mãos de Amy Bowles, guitarrista de Manchester que participa no festival através protocolo celebrado entre O Elogio da Guitarra e a European Guitar Teachers Association (E.G.T.A). No dia 5 de abril, o público poderá assistir, no Teatro Municipal da Guarda, ao concerto de Sébastien Vachez, guitarrista e compositor. São dois solistas que têm vindo a afirmar-se no panorama guitarristico internacional e que se juntam a nomes como os de Ruben Bettencourt, Michel Sadanowsky, António Justiça, Augusto Pacheco, André Madeira, Pedro Rodrigues, Duo Intermezzo, Duo Justiça / Amaral, e José Mesquita Lopes, intérpretes que anteriormente fizeram a música acontecer no mesmo festival. O concerto de encerramento do festival vai decorrer no auditório do Instituto Politécnico da Guarda, no dia 6 de abril, pelas 21h30, e ficará a cargo da Orquestra de Guitarras Guitarrafonia, resultante do projeto de cooperação de três instituições de ensino especializado da música de Castelo Branco, Fundão e Guarda, a que atualmente se juntam outras três de Viseu e Covilhã, e que desde 2006 reúne professores e alunos numa vivência musical partilhada, testemunhada além-fronteiras (Itália e Espanha) num historial que conta já com mais de meia centena de concertos. Paralelamente, a forte componente formativa desenvolve-se este ano sob a orientação de Sébastien Vachez, que ao longo de dois dias ouvirá e partilhará a sua experiência com estudantes dos conservatórios e dos cursos superiores de música, num espaço de crescimento e confronto criativo que, nos dias 5 e 6 de abril, reocupará o Conservatório de Música de S. José da Guarda.



Conteúdo Recomendado