15 mil pessoas no Festival Ecoraia

O evento, organizado pela Associação de Município da Cova da Beira e pela Diputácion de Salamanca (Espanha), decorreu no passado fim de semana, entre os dias 16 e 18 de junho, em Sacaparte – Alfaiates, no concelho do Sabugal.

O evento transfronteiriço de cariz comercial, promocional, social e de animação teve entrada livre.

Segundo a organização, “o espaço foi preparado para  as famílias poderem usufruir das mais variadas atividades e experiências, desde a degustação de produtos das mais variadas zonas do país, passando pela gastronomia onde os expositores espanhóis puderam dar a conhecer os seus produtos tradicionais como os enchidos, doces e licores.”

A componente agrícola esteve também bem patente com expositores de gado, onde se puderam encontrar espécies raras em Portugal como foi o caso de duas vacas japonesas Wagyu, raça famosa por fornecer a melhor carne do mundo, maquinas agrícolas, entre outros equipamentos.

Na sexta-feira a troca de experiências musicais com um concerto de música tradicional Portuguesa ‘’Sr. Vadio’’ contrastaram com o concerto de música tradicional espanhola os “Charanga Europa”. No sábado David Carreira deliciou os milhares de pessoas que após um concerto de Micaela Simões, uma jovem promessa local, mostrou a energia ‘’Carreira’’.

José Manuel Custodia Biscaia, Presidente da Associação de Municípios da Cova da Beira, referiu que ‘’o orçamento foi muito cauteloso, e passaram pelo espaço cerca de 15 mil pessoas’’ e ‘’todas as famílias se divertiram e puderam passar um dia diferente do que é habitual’’. ‘’O intercâmbio cultural e comercial, é importantíssimo e o apoio da Diputacion de Salamanca, do Município do Sabugal e da AFRS, contribuíram para o sucesso desta iniciativa’’ refere este responsável.

‘’A área kids foi a mais concorrida’’ e ‘’o concerto do David Carreira foi brilhante’’ foram algumas das frases que mais se ouviram no recinto de Sacaparte.

As Capeias no sábado e domingo, com os recortadores ‘’Arte Charro de Ciudad Rodrigo’’ e o grupo de forcados amadores de Coruche, fizeram as delícias dos milhares que vivem esta tradição que é património imaterial da UNESCO.

O modelo deste festival foi também muito bem acolhido por outros representantes dos municípios que estiveram presentes na inauguração e ao longo do evento. Também é desta forma que se contrariam os desequilíbrios económicos do interior para o litoral’’, rematou José Manuel Biscaia.

Pode consultar toda a informação sobre o evento, aqui.



Conteúdo Recomendado