Governo contratou mil jovens agricultores num investimento de 356 milhões

O ministro da Agricultura disse quinta-feira que foram apresentadas mais de cinco mil candidaturas de jovens agricultores, no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR 2020), revelando que 1.012 já foram contratadas, num investimento de 356 milhões de euros.


No âmbito de uma audição parlamentar na comissão de Agricultura, Capoulas Santos indicou que, das mais de cinco mil candidaturas de jovens agricultores, 3.302 foram analisadas, 1.071 foram decididas e 1.012 foram já contratadas.

Em termos de investimentos, os projetos de jovens agricultores apresentados no âmbito do PDR 2020 ultrapassam os dois mil milhões de euros, de acordo com a informação disponibilizada pelo governante.

As candidaturas analisadas (3.302) correspondem a 1.060 milhões de euros, as decididas (1.071) a 705 milhões de euros e as contratadas (1.012) a 356 milhões de euros, avançou Capoulas Santos.

Os apoios do PDR 2020 destinam-se a jovens agricultores, dos 18 até aos 40 anos, que se instalem pela primeira vez numa exploração agrícola enquadrado por um plano empresarial, sob a forma de um incentivo não reembolsável.

No dia 17 de outubro, o parlamento aprovou, por unanimidade, o requerimento do Partido Comunista Português (PCP) e do Partido Ecologista Os Verdes (PEV) para a audição do ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Capoulas Santos.

Além do ministro da Agricultura, o parlamento vai ouvir o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, na sequência dos fogos florestais que afetaram o país, não tendo ainda sido anunciada a data para esta audição.



Outros Conteúdos
Acompanhe toda a atualidade da Região! Subscreva a nossa newsletter.