Cântaros

Cântaros

Apresentação

O Cântaro Magro é um ícone da Serra da Estrela sendo a cara de vários postais desde os primeiros tempos em que se registam fotografias da Serra, está situado junto à Nacional 338 que dá acesso à Torre é um local de beleza única devido à ação dos Glaciares que outrora se ali encontravam. Em si o Cântaro é um “Nunatak”, uma  forma de Relevo que foi posta em evidência pela erosão diferencial devido à ação Glaciária, esta forma de relevo durante a glaciação não esteve coberto pelo Glaciar emergindo acima da sua superfície, esta forma de relevo destaca-se pela erosão diferencial devido à existência de um bloco pouco fraturado, rodeado por zonas de grande densidade de fracturação. Junto ao Cântaro Magro podemos encontrar outra formação com bastante interesse, A “Rua dos Mercadores” é um fenómeno geológico que aconteceu devido a que na vertente sul do Cântaro Magro encontra-se um filão de rocha dolerítica  que é maioritariamente de composição mineralógica semelhante ao basalto sendo menos resistente aos fatores erosivos que o granito encaixante, isto originou uma fenda profunda e estreita bem definida entre paredes abruptas. O Cântaro Magro situa-se a cerca de 1928 metros de altitude está rodeado pelo Cântaro Gordo a 1875 metros e o Razo a 1916 metros perfazendo um total dos três Cântaros.



Conteúdo Recomendado

Acompanhe toda a atualidade da Região! Subscreva a nossa newsletter.