O “burro de ouro” o romance latino da antiguidade que nos faz viajar às nossas origens latinas será apresentado no auditório do Teatro Municipal da Guarda no dia 1o, às 19 horas.

“Asno de Ouro” do Teatro do Calafrio no TMG

Início: 2020-12-10 19:00:00
Fim: 2020-12-12 11:00:00
Local do Evento: Teatro Municipal da Guarda -Guarda
Entidade Promotora: Teatro Municipal da Guarda |

O “Asno de ouro” o romance latino da antiguidade que faz viajarmos às nossas origens latinas será apresentado no auditório do Teatro Municipal da Guarda no dia 10, às 19 horas. E terá outras sessões no dia 11 e 12 de dezembro.

“Chegou o momento de viajar até às nossas origens latinas. Partimos do clássico satírico “O Burro de Ouro” de Lucius Apuleius. Este é o único romance latino da antiguidade que sobreviveu na íntegra e um dos mais antigos textos e referências da prosa ocidental. A obra trata do poder das transformações num mundo em constante metamorfose. Vivemos atualmente tempos de grandes mudanças em que (quase) tudo o que se vive é posto em causa. Neste atual confinamento, tal Lúcio confinado em Burro, urge uma renovada consciência e metamorfose coletiva, na maneira de pensar e agir. Através da incrível odisseia de Lucius, podemos acompanhar a viagem ao maravilhoso e ao mítico, porque a esse tempo nos conduzem as peripécias do jovem ansioso por conhecer as artes mágicas, bem como a própria condição de asno a que se vê submetido. Este Asno de Ouro revela-se, assim e agora, como um exemplo de uma catarse necessária, uma carnavalização representada pela tendência de oposição à norma, uso do instinto, revolta, crítica, em suma, uma negação de valores maiores ou socialmente aceites”.

Texto original – Lucius Apuleius

Versão Cénica, Encenação e Direção Plástica – Luciano Amarelo

Interpretação – Diogo Freitas e Luciano Amarelo

Música – Miguel Cordeiro

Adereços – Simone dos Prazeres

Figurinos: O Capote – Trajes

Complementos Visuais através de Projeção de Vídeo – Manuel Borges

Cartaz – Lynx Tungur

Operação de Som e apoio técnico – Daniel Simão

Produção Executiva, Desenho de Luz, Operação de Luz e Fotografia – Alexandre Costa

Coprodução – Teatro Municipal da Guarda