Início: 2019-08-17 15:00:00
Fim: 2019-08-18 20:00:00

Este fim de semana, dias 17 e 18 de agosto, o Ciclo de Festivais de Cultura Popular do Município da Guarda propõe uma “Viagem às Raízes” na localidade de Arrifana.

Atividades económicas tradicionais, tabernas com gastronomia local, teatro de rua, música e pão no forno constituem de forma geral o programa da festa tradicional deste ano.

Estas e outras propostas, enumeradas no programa abaixo, complementadas pela decoração das ruas e trajes alusivos aos anos trinta e quarenta do século passado criarão o ambiente perfeito para passar um fim-de-semana diferente e de convívio com as nossas gentes.
A “Viagem às Raízes” faz parte do Ciclo de Festivais de Cultura Popular Guarda 2019, ciclo este, que procura ser um motor de divulgação e promoção do património cultural material e imaterial, efetivo e afetivo, permitindo a preservação dos valores, recursos culturais e naturais que conferem riqueza e identidade à região da Guarda.

A iniciativa é organizada pelo Grupo de Cantares de Arrifana, com o apoio da Câmara Municipal da Guarda, da Junta de Freguesia de Arrifana, da Liga de Amigos de Arrifana, USDRA e Arrifana TV.

Programa

17 de agosto
Largo da Aldeia de Arrifana
15h00 – Grupo de Bombos “Trocadalho do Carilho” – Gonçalo
16h00 – Encenação “Pão no forno”- Grupo de Cantares de Arrifana
16h30 – Encenação “As lavadeiras”- Grupo de Cantares de Arrifana
17h00 – Inauguração do Chafariz de Santo António
17h30 – Grupo de Teatro: “Os Robertos” 1.ª apresentação
18h30 – Encenação “A boda”- Grupo de Cantares de Arrifana
19h00 – Grupo de Teatro: “Os Robertos” 2.ª apresentação
Adro da Igreja Paroquial
21h30 – Teatro “Serões n’aldeia” apresentado pelo Grupo de Cantares de Arrifana
22h30 – Bailarico ao som do acordeão

18 de agosto
Largo da Aldeia
11h00 – Encenação “A amassar o pão”
15h00 – Grupo de Concertinas
16h00 – Encenação “As lavadeiras”- Grupo de Cantares de Arrifana
16h30 – Grupo de Teatro: “Irmãos Esferovite”
17h30 – Encenação “A boda”- Grupo de Cantares de Arrifana
18h30 – Encenação: “O funeral” – Grupo de Cantares de Arrifana
Em permanência: Decoração alusiva aos anos 30/40 do século passado, encenações de lides e ofícios da época, Tascas do Ti’ Zé Manel e da Ti’ Clementina, tasquinhas com gastronomia local.