Abraçada pelas encostas da Estrela e da Gardunha, esconde um interior verdejante cheio de fragâncias puras das serras, com numerosos miradouros onde se descortina uma natureza inexplorada, crua e rica em recursos hídricos, como o Zêzere que abre caminho por entre as montanhas.

Cereja

Esta admirável Cova veio dotar as cidades do Fundão, Covilhã e Belmonte, terras que oferecem uma mão cheia de pequenas aldeias de misticismo e lendas, espalhadas entre florestas de grande altitude, cascatas, lagos naturais e vales glaciares.

Uma visita de inegável interesse turístico, pela musealização (Ecomuseu do Zêzere, o Museu do Azeite, Museu dos Descobrimentos), pelo passeio em magníficas zonas de circulação pedonal e viárias e pelo sabor das prestigiadas frutas da Cova da Beira, nomeadamente o pêssego, a cereja e a maçã.