António Nascimento é o candidato do CDS-PP à Câmara de Trancoso

O bancário António Nascimento, de 52 anos, vai ser o candidato do CDS-PP à presidência da Câmara Municipal de Trancoso, no distrito da Guarda, anunciou hoje o partido.

A Comissão Política Distrital do CDS-PP da Guarda refere em comunicado hoje enviado à agência Lusa que António Manuel Gomes do Nascimento é democrata-cristão “filiado no CDS-PP desde muito jovem” e tem exercido participação cívica e, sobretudo, política no seu concelho.

“Iniciou a sua militância na Juventude Centrista, tendo-se filiado mais tarde no CDS-PP. Foi presidente da concelhia e candidato do partido à Câmara Municipal de Trancoso, com apenas 32 anos. Desvinculou-se do CDS com a liderança de Paulo Portas e regressou à sua família política com Assunção Cristas”, lê-se na nota.

O candidato do CDS-PP à presidência da autarquia de Trancoso é bancário na Caixa Geral de Depósitos, nasceu em Luanda e reside naquele concelho.

Segundo a distrital do CDS-PP, em relação à experiência autárquica, António Nascimento, para além de mandatos que cumpriu na Assembleia Municipal de Trancoso, foi vereador na oposição, como independente, eleito em listas do PS.

O partido refere que António Nascimento “abraçou o desafio de candidatar-se à presidência da Câmara Municipal Trancoso nas próximas eleições autárquicas, num projeto político inclusivo e abrangente, alternativo à bipolarização PSD/PS”.

O município de Trancoso é atualmente presidido pelo socialista Amílcar Salvador.

No atual executivo, o PS tem a maioria, com quatro elementos, e o PSD possui três.