Vila Galé anuncia construção de nova unidade hoteleira em Manteigas

A unidade hoteleira de nova construção em Manteigas terá 81 quartos.

O Vila Galé espera abrir cinco novos hotéis em Portugal e um no Brasil em 2018, num investimento de 78 milhões de euros, disse hoje o presidente do grupo, Jorge Rebelo de Almeida.

Num encontro com jornalistas hoje em Lisboa, o responsável adiantou que a carteira de investimentos em curso contempla estes seis novos hotéis, com abertura prevista para 2018.

Entre os novos hotéis em Portugal em 2018 estão os anunciados investimentos em unidades hoteleiras em Sintra, Elvas, Porto e Braga.

O quinto hotel a abrir em Portugal será em Manteigas, na Serra da Estrela.

O presidente do grupo Vila Galé disse hoje que têm estimado um investimento de 25 milhões de euros para a unidade em Sintra, cinco milhões para Elvas e cerca de seis milhões para cada um dos restantes três novos hotéis em Portugal (Porto, Braga e Manteigas).

A unidade hoteleira de nova construção em Manteigas terá 81 quartos, acrescentou ainda o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida, no mesmo encontro.

Os responsáveis esclareceram ainda que o investimento em Sintra é o mais elevado, pois vai incluir uma componente imobiliária, designadamente 48 apartamentos para vender.

No Brasil prevê-se a abertura do já anunciado ‘resort’ de Touros em 2018, cujo investimento previsto é de 100 milhões de reais (cerca de 29,4 milhões de euros ao câmbio atual).

Para este mercado externo – que representa 45% do volume de negócios global do grupo – a rede hoteleira prevê ainda a ampliação do ‘resort’ de Cumbuco, o Vila Galé Cumbuco.

“Vamos aumentar a oferta em 20%, ou seja mais 72 quartos, e vai custar 15 milhões de reais, cerca de 4,4 milhões de euros ao câmbio atual”, acrescentou Gonçalo Rebelo de Almeida.

Apesar do Brasil continuar muito dependente do mercado interno, como disse, Jorge Rebelo de Almeida, o grupo continua satisfeito e quer reforçar a presença naquele mercado.

No global, os 27 hotéis do grupo Vila Galé alcançaram receitas de 170,5 milhões de euros em 2016, sendo que em Portugal a empresa obteve um volume de negócios de 93,6 milhões de euros em 2016, mais 15% que em igual período de 2015.

A operação do Vila Galé em Portugal contempla 20 unidades hoteleiras.

Já os hotéis do Vila Galé no Brasil registaram um aumento de 6% nas receitas em 2016, em relação ao exercício anterior, atingindo os 77 milhões de euros.



Artigos Relacionados / Pub