Gouveia abre campeonato Europeu de Enduro

Após dois anos de acolhimento ao campeonato do mundo de Enduro a cidade de Gouveia recebe nos próximos dias 29 e 30 de abril aquela que será a primeira prova do campeonato europeu de enduro em 2017.

Com um esquema de prova semelhante ao que foi utilizado em 2015 e 2016 com o campeonato do mundo, esta estreia do campeonato europeu junto à Serra da Estrela terá no entanto algumas diferenças pois não se realizará a Super-Especial de arranque da prova nem a especial Xtreme. O restante figurino será muito semelhante, com o centro nevrálgico da prova a ser novamente o Parque Senhora dos Verdes, junto à cidade anfitriã, onde estará não apenas o paddock e o Parque-Fechado da prova mas igualmente as duas especiais que os pilotos terão que percorrer em cada uma das três voltas ao percurso com 55 quilómetros.

Em prova esperam-se pilotos oriundos de cerca de duas dezenas de países, aos quais se juntaram igualmente os pilotos lusos, não apenas os interessados em participar no campeonato continental mas igualmente os que participam no campeonato nacional da especialidade que terão na classe Open a oportunidade de comparar o seu nível com os adversários de outros países.

O que é o Enduro?

É uma prova de regularidade que se realiza num percurso de trilhos, pistas ou estradas abertas à circulação normal. Integradas ao percurso, encontram-se várias provas classificativas intituladas PEC’s – Provas Especiais Cronometradas (organizadas em circuitos fechados ao tráfego normal, sob quaisquer condições do tempo), na qual o desempenho do piloto é determinante para sua classificação na prova de Enduro.

Devem realizar-se 3 ou mais voltas ao percurso em cada dia de prova. Cada volta deve ter uma distância máxima de 50 quilómetros, incluindo as PEC’s. O tempo máximo para percorrer cada volta deve ser de 1h30min, e a duração de cada dia de competição deve ser entre cinco horas e sete horas.

Pode consultar toda a informação referente à prova do Campeonato Europeu de Enduro, em Gouveia, aqui.