Covilhã colabora na criação da Federação Portuguesa dos Caminhos de Santiago

Pretende-se reforçar a divulgação dos vários traçados dos Caminhos de Santiago existentes no país, bem como a sua certificação.

O Município da Covilhã vai integrar o grupo de trabalho para a criação da Federação Portuguesa dos Caminhos de Santiago. A decisão foi tomada numa reunião que decorreu no passado dia 10 de março, na Mealhada. Deste grupo de trabalho farão parte concelhos como Braga, Barcelos, Viseu, Vila Pouca de Aguiar, Alvaiázere e Albergaria-a-Velha. Pretende-se que até final de Junho estejam elaborados os estatutos que, após a sua aprovação, serão os alicerces da futura Federação.

Um dos principais objetivos que se pretende alcançar com esta iniciativa passa por tornar Portugal um país interlocutor e participante ativo junto da Federação Europeia dos Caminhos de Santiago. Pretende-se ainda reforçar a divulgação dos vários traçados dos Caminhos de Santiago existentes no país, bem como a sua certificação.

Os propósitos da nova Federação inserem-se assim no principal objetivo da Federação Europeia: «reunir as coletividades territoriais do continente europeu atravessadas pelos Caminhos de Santiago, em torno duma promoção comum cultural e turística das diferentes rotas, um património cultural que compartem desde de há vários séculos».



Artigos Relacionados / Pub