Castro do Jarmelo

0

Descrição da localização, constante dio diploma de classificação, de 1953: Situado no cerro do mesmo nome, a uns 18 km a nordeste da Guarda, com a sua linha exterior de muralhas, que passa a norte junto ao actual marco geodésico, e abrangendo; a este, uns 20 m de calçada romana, fora das muralhas, com os vestígios da antiga Fonte da Moura, e uma sepultura cavada na rocha, que se encontra perto dos terrenos onde se ergueu a Igreja de Santa Maria do Jarmelo; a sul, a área ocupada hoje pela Igreja de S. Pedro, cemitério, campanário e antiga casa da Câmara, até um muro que limita esta área por sudoeste, e incluindo duas sepulturas cavadas na rocha, uma situada ao norte da referida Igreja e outra entre esta e o cemitério mencionados; a oeste, o terreno que compreende a Igreja de S. Miguel, uma fonte de mergulho situada na propriedade de Adelino Barreiros e mais uma outra fonte, também de mergulho, situada a sul da dita Igreja de S. Miguel, junto a uma viela.

Apresentação

Implantado a cerca de 950 m de altitude, num cabeço com amplo domínio visual sobre toda a paisagem envolvente, este povoado fortificado da Idade do Ferro foi objeto de reutilizações funcionais durante o período romano e Idade Média, numa altura em que D. Fernando (1345- 1383) o terá reconstruído por ocasião das batalhas mantidas com o Reino de Castela.




Acompanhe toda a atualidade da Região! Subscreva a nossa newsletter.